domingo, 12 de janeiro de 2014

Paternidade, maternidade e a centelha divina

O que define uma divindade é a capacidade de criar. Deus foi capaz de criar o universo a partir do vazio, criar os elementos a partir do caos e criar a vida onde esta não existia. Então, concluímos que a capacidade humana de criar uma nova vida, é na verdade, uma centelha divina. Uma fração do que é a capacidade dos deuses de criar novos seres.
É clichê dizer, mas realmente, a experiência mais forte e transformadora que um ser humano pode viver, é gerar uma nova vida. Nada se aproxima disso, pois é nossa maneira de sermos deuses, e alcançarmos nossa imortalidade neste mundo.
Não quero com isso insinuar que todos devem ter muitos filhos indiscriminadamente, mas sim que, ter como objetivo construir uma vida para poder ter alguns filhos com conforto é o melhor que se pode fazer neste mundo.
Se você está se sentindo perdido, ou não tem objetivos na vida, tenha este: Constituir uma família, ter filhos e garantir a posteridade do seu corpo neste mundo.

Saiba que ser pai, ou ser mãe, é um grande privilégio. Um presente, e você vai ser cobrado por isso. Então, aproveite a oportunidade e seja o melhor pai ou mãe que puder ser, ou vai ter o resto dos seus dias para se arrepender por ter sido medíocre na sua função.


Postar um comentário