quarta-feira, 4 de março de 2009

Asteróide passa próximo da Terra, diz Nasa


PASADENA - O Laboratório de Propulsão a Jato da agência aeroespacial americana (Nasa, por suas iniciais em inglês) informou hoje que o asteroide 2009 DD45 passou perto da Terra na manhã da segunda-feira. O corpo celeste cortou uma região do espaço a apenas 78.500 quilômetros da Terra, equivalente a passar de raspão em termos astronômicos. Essa distância representa apenas o dobro da altitude de alguns satélites de telecomunicações e equivale a cerca de um quinto da distância da Terra à Lua.

O asteroide tinha entre 21 e 47 metros de diâmetro. De acordo com a Sociedade Planetária, ele era do mesmo tamanho de um asteroide que explodiu sobre a Sibéria em 1908 e devastou mais de 2 mil quilômetros quadrados de florestas russas. O asteroide foi percebido somente há dois dias e o ponto mais próximo da Terra que ele passou foi sobre o Oceano Pacífico, perto do Taiti.


Fonte: Estadão


Agora imaginem o seguinte. Se a Nasa somente conseguiu ver o tal asteróide com dois dias de antecedência, imaginem se ele estive em rota de colisão com a Terra... Em dois dias nada poderia ser feito! Não teríamos tempo nem de evacuar a àrea atingida!
Postar um comentário